Dupla é detida suspeita de assaltar adolescente - Imagem: Divulgação/Polícia MilitarPor volta das 15h40 desta quarta-feira, 05, um adolescente de 15 anos foi vítima da ação criminosa de um assaltante que fugiu após lhe tomar um aparelho celular Samsung J5 Prime. O bandido estava de bicicleta e simulou estar armado para dar voz de assalto.

A vítima explicou para a polícia que trafegava pela Rua 28, quando próximo à Rua 39, Bairro Santa Luzia, foi abordado por um rapaz, moreno, que estava vestindo uma camiseta preta, com a descrição “Academia Força Aérea”. Depois de dar lhe um “fecha” obrigando-o a parar sua bicicleta, o bandido colocou a mão na região da cintura, simulando estar armado, e ordenou que entregasse seu aparelho celular.

Ao receber voz de assalto, a vítima levantou as duas mãos colocando-as na cabeça, instante em que o assaltante se apoderou do aparelho celular que estava no bolso do adolescente, que mesmo percebendo que o assaltante não estava armado, preferiu não reagir ao roubo. Em seguida o meliante fugiu tomando rumo ignorado.

Após tomar ciência do fato, o Grupo de Patrulhamento Tático - GPT - formado pelo SGT Célio, SD Barbosa, SD Da Cruz, e SD Matos, iniciou patrulhamentos na região, quando na Avenida Contorno se deparou com dois indivíduos em atitudes suspeitos trafegando em uma CG 125 azul, sem placa. Ao dar ordem de parada, os suspeitos empreenderam fuga, mas foram acompanhados pelos policiais que conseguiram abordá-los logo em seguida.

Durante busca pessoal nada foram encontrados com eles, porém, os militares perceberam que o garupa, identificado como Raí Almeida dos Santos, de 24 anos, com passagens por furto e receptação, havia dispensando algum objeto na quadra anterior da abordagem, mas ao ser questionado, negou que tivesse dispensado qualquer tipo de objeto, assim, os policiais voltaram ao local, e encontraram dois aparelhos celulares em um monte de entulho na beira da rua.

Um dos aparelhos encontrados pelos PM’s era o celular do adolescente tomado em assalto. Em seguida, Raí Almeida confessou a autoria do roubo e informou que a bicicleta e a roupa usada durante o crime estavam em sua casa. Com o apoio da equipe do Tático (SD Daniel, SD Alcides e SD Xavier), foi realizada uma averiguação na residência do suspeito onde foram encontradas e apreendidas a bicicleta e a camiseta utilizadas por Raí no momento do assalto.

Já o condutor da motocicleta, D. V. A. R., de 23 anos, explicou aos policiais que estava apenas dando carona para Raí com o intuito de ganhar R$ 20. Mesmo assim, ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia juntamente com o suspeito para prestarem maiores esclarecimentos à Polícia Civil.