Imagem: Divulgação/Polícia CivilNesta quarta-feira, 10, equipes da Polícia Civil de Goianésia deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão nas residências de Neftali Queiroz, de 54 anos, vulgarmente conhecido como "Tali" ou "Taliu". Segundo a polícia, as investigações comprovaram que o suspeito era um dos principais responsáveis pela fabricação e adulteração de armas de fogo na cidade de Goianésia e cidades vizinhas.

Em um dos endereços, uma chácara na região da Fazenda Vereda, Neftali conseguiu montar uma pequena fábrica, onde, de forma extremamente engenhosa, criava armas diversas, como espingardas, garruchas e pistolas. De acordo com as investigações, estas armas vinham sendo utilizadas na prática de crimes em Goianésia. O suspeito ainda fazia recarga de munições.

Imagem: Divulgação/Polícia CivilDurante as diligências, na área rural foram localizadas 11 armas de fogo, sendo 9 espingardas e 2 revólveres, além de farta quantidade de munição de calibres diversos. Em outro endereço, localizado no bairro Santa Luzia, os policiais apreenderam diversos materiais e ferramentas utilizadas na fabricação e manutenção de armas de fogo.

Depois de receber voz de prisão, Neftali foi preso em flagrante pelo crime de Comércio Ilegal de Arma de Fogo (Artigo 17, Lei 10826/03), crime este que tem pena máxima de 8 anos de reclusão. Ele se encontra a disposição do Poder Judiciário de Goianésia.

Imagem: Divulgação/Polícia Civil