Uma mulher de 49 anos acionou a Polícia Militar via 190 na madrugada desta sexta-feira, por volta de 00h16, após ser ameaçada de morte, expulsa de casa e ter o queixo queimado com cigarro. O fato foi registrado na Rua Juca Carioca, Residencial Jardim do Cerrado, região oeste de Goianésia.

Chegando á residência, os policiais foram informados por um homem de 49 anos, esposo da suposta vítima, que sua esposa estava na casa de parentes e que não havia acontecido nada, somente uma discussão de casal. Deste modo, os PM’s entraram em contato com o Centro de Operações da Polícia Militar - COPOM - e foram informados que a vítima estava nas proximidades com medo de ir para casa por ter sofrido ameaças.

Em seguida, os militares deslocaram até o local onde se encontrava a vítima e a trouxe até a sua residência. Segundo a policia, ao ser indagada sobre os fatos, a mulher explicou que as brigas são constantes e que nesta quinta-feira, seu esposo, após ter ingerido bebida alcoólica junto com ela e um genro, começou a proferir palavras de baixo calão contra ela e ameaças, tudo por causa de ciúmes envolvendo rede social.

Não satisfeito, o homem ainda teria lhe desferido tapas, empurrões, e lhe queimado o queixo com um cigarro. Ele ainda teria dito a ela que saísse de casa se não iria morrer. Após esta ameaça, segundo a mulher, ela saiu correndo e pediu socorro ligando no 190.

Diante do exposto, o casal foi conduzido para a Delegacia de Polícia para uma melhor averiguação dos fatos.