No fim da noite desta segunda-feira, 09, Eusilene da Silva Couto, de 40 anos, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento - UPA - de Goianésia com um ferimento na região abdominal provocado possivelmente por uma arma branca. A Polícia Militar foi acionada para averiguar o caso.

Durante averiguação, uma testemunha relatou que a vítima estava bebendo entre familiares na casa de seu pai no Bairro Primavera, região sul da cidade, quando após discussão familiar, o pai de Eusilene, Homero de tal, teria se apossado de uma arma branca, tipo faca, e desferiu um golpe na própria filha.

A agressão ocasionou um ferimento na barriga, lado direito do abdômen, e em seguida a vítima buscou por socorro na casa da filha que a conduziu até a UPA. Diante dos fatos, no intuito de localizar o suposto autor, policiais militares deslocaram até a residência de Homero de Tal, porém, ele não foi encontrado.

Já Eusilene ficou sob os cuidados médicos na UPA e foi orientada a procurar a Delegacia de Polícia assim que recebesse alta hospitalar.