Lucas Isidorio morreu em troca de tiro com a políciaDurante patrulhamento pela região oeste na manhã desta sexta-feira, 06, a equipe GPT - Grupo de Patrulhamento Tático - composta pelo SGT Wenderlan, CB Célio, SD Barbosa e SD da Cruz, visualizaram um indivíduo no portão de uma residência na Rua A, Bairro Boa Vista, que ao avistar os policiais empreendeu fuga para dentro da casa.

Diante da suspeição, de acordo com a polícia, os policiais fizeram o adentramento à residência momento em que foram recebidos a tiros, com isso, os militares revidaram na direção dos disparos e logo em seguida visualizaram o autor dos disparos caído ao chão, ferido, portando uma pistola Taurus 765 (carregada com 04 munições intactas e com o cão a retaguarda).

Buraco na parede da residência provocado por um projétil - Imagem: Divulgação/Polícia MilitarDe imediato o Corpo de Bombeiros foi acionado e rapidamente socorreram o suspeito identificado como Lucas Rodrigues Isidorio, de 19 anos, e o conduziu com vida à Unidade de Pronto Atendimento - UPA - após realização dos primeiros socorros, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em seguida a Polícia Civil foi comunicada do fato que compareceu no local para realização de perícia. A arma e munições apreendidas foram deixados na Delegacia de Polícia juntamente com aparelho do suspeito.

A polícia informou ainda que Lucas Rodrigues era um velho conhecido do meio policial. Apesar da pouca idade ele possuía passagens por tráfico, posse pra consumo, posse pra consumo de terceiros, roubo, porte de arma de fogo, latrocínio (roubo seguido de morte), apropriação indébita (furto) e roubo a transeunte, sendo que em algumas destas passagens ele chegou a ser reincidente.

Arma e munições apreendidas - Divulgação/Polícia Militar