Corpo de Gisele D'Abadia foi encontrado por moradores - Imagem: Portal MeganésiaGoianésia registrou na madrugada desta segunda-feira, 08, por volta de 01h30, o primeiro homicídio de 2018. O crime foi registrado na Avenida Ulisses Guimarães, quase esquina com a Rua Monte Alegre, Bairro Jardim Esperança, região sul da cidade.

A vítima identificada como Gisele D’Abadia, de 22 anos, foi morta com pelo menos 06 golpes de facas. Durante a perícia foi encontrada uma perfuração nas costas e cinco no tórax. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal - IML - de Goianésia onde passará por exames cadavéricos e só depois será liberado aos familiares.Peritos realizam perícia e encontram 06 perfurações no corpo da vítima - Imagem: Portal Meganésia

O autor do crime ainda é desconhecido e a princípio ela trafegava sozinha pelo local. Moradores ouviram os gritos de socorro e ao saírem para averiguarem depararam com Gisele caída ao chão. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas encontrou a vítima já sem vida.

O crime pode estar relacionado com o tráfico de drogas, uma vez que Gisele D’Abadia era conhecida do meio policial por ser usuária de crack e cometimento de furtos para alimentar o vício.

A Polícia Civil já investiga o caso.