Na noite desta terça-feira, 07, por volta das 22h30, uma mulher de aproximadamente 30 anos morreu após ser atropelada por um Uno Mille prata na GO-080, saída para Barro Alto, em frente a Cagel.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual - PRE, vestígios do local e narrativa do condutor e de testemunhas, o veículo trafegava pela rodovia sentido Goianésia/Barro Alto, quando na altura do km 58 houve o atropelamento de um casal que estavam caminhando na beira da pista, sendo que a mulher morreu no local.

A vítima do sexo masculino se encontrava com vida e conversando, porém, estava confusa. Foi realizado o atendimento pela equipe do Corpo de Bombeiros e SAMU, e em seguida conduzida para a Unidade de Pronto Atendimento de Goianésia pelo SAMU.

Como a mulher não portava documentação, ela não foi identificada. Seu corpo ficou aos cuidados da PRE que isolou o local até a chegada da Polícia Científica de Goiás, regional Goianésia, para realização de perícia.

Nesta manhã nossa reportagem entrou em contato com a Polícia Civil no intuito de saber se a vítima já havia sido identificada, no entanto, até o fechamento desta reportagem não tínhamos ainda obtido uma resposta. Tão logo tenhamos uma resposta da polícia, iremos atualizar a matéria.

Já o condutor do veículo foi submetido ao teste de etilômetro obtendo o resultado de 0,00 mg/l e foi conduzido para a Delegacia de Polícia ficando a disposição da autoridade competente.

Atualizações
10h13
A vítima sobrevivente foi identificada como sendo Dagmilson Lamonier Silva, de 31 anos. Em contato com a UPA nossa reportagem foi informada que ele fraturou o fêmur direito. Ele está consciente, orientado, e com sinais vitais normais.

11h54
Dagmilson será encaminhado para o Hospital de Urgências de Anápolis - HUANA - onde passará por cirurgia na manhã desta quinta-feira, 08.

16h28
A mulher é identificada como Andréia Teixeira Costa, de 28 anos. Moradora de Goianésia.