Desaparecido desde o início da noite desta segunda-feira, 04, o vereador licenciado e secretário municipal de desenvolvimento econômico e social por Goianésia, Wilson Portilho da Cunha, foi encontrado morto próximo ao Distrito de Cirilândia, já no município de Rianápolis.

O corpo estava fora do veículo, um Saveiro branco com emblema da Prefeitura de Goianésia, e a cabeça sobre o assoalho do lado do passageiro. Policiais militares isolaram o local até a chegada da Polícia Científica que realizou uma minuciosa perícia e em seguida removeu o corpo para Instituo Médico Legal - IML - de Ceres.

Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, 06, o delegado que investiga o caso, Marco Antônio Maia, explicou que nenhuma hipótese está descartada, no entanto, sem entrar muito em detalhes informou que a principal suspeito é que Wilson Portilho tenha se matado com um tiro na cabeça entre ás 07 e 08 horas da manhã de hoje. A arma, um revólver calibre 38, foi encontrada próximo a sua mão.

O delegado explicou ainda que vários procedimentos serão realizados para descobrir o que realmente aconteceu, mas a principal linha de investigação é suicídio.

Entenda o caso
Nesta terça-feira, 05, familiares de Wilson Portilho procurou a Polícia Civil e comunicou o seu desaparecimento. O último contato com ele teria sido na noite de segunda-feira, 04, quando ele comunicou aos seus familiares que iria pra casa tão logo deixasse um funcionário da prefeitura em casa. Desde então não tiveram mais contato com ele.

Vereador licenciado
Reeleito pelo PMDB em 2016 com 659 votos, Wilson Portilho, se licenciou para assumir a secretaria municipal de desenvolvimento econômico e social. Durante a administração do prefeito Gilberto Naves, Wilson Portilho exerceu a função de secretário municipal agricultura. Além disto, Wilson também exerceu a função de presidente Sindicato Rural de Goianésia.

Luto oficial de três dias
Também durante entrevista coletiva, o prefeito Renato de Castro lamentou o ocorrido e disse que tinha esperança de encontrá-lo com vida. O prefeito enalteceu os trabalhos realizados por Wilson Portilho em nossa cidade e informou que foi decretado luto oficial de três dias. Os eventos da prefeitura programados para esta semana também foram todos cancelados.

Após a liberação do corpo aos familiares, Wilson Portilho deverá ser velado na Câmara Municipal de Goianésia.