Chegou em Goianésia neste sábado, 09, um grupo de missionários americanos com o desafio de construir um templo em apenas 05 dias. A construção que deverá abrigar ao menos 200 fieis sentados está sendo levantado na Alameda Antônio Fontoura, Parque das Palmeiras 2, região oeste da cidade.

Após fazer um reconhecimento do local, a equipe começou os trabalhos já no domingo, 10, e uma placa na frente da construção faz a contagem regressiva de quantos dias que falta para a inauguração do templo. Dividida em várias equipes, enquanto uns preparam a massa, outros já trabalham na construção, e há ainda aqueles que já vão preparando o madeiramento.

Engana-se quem pensa que apenas homens “põe a mão na massa”. O grupo é formado também por missionárias que deixaram o aconchego do lar para ajudar a erguer o templo que já tem data e horário para ser inaugurado: sexta-feira, 15, às 19h00.

Em entrevista ao Portal Meganésia, o Pastor Regis Adriano, da junta de missões da convenção Batista brasileira, e dirigente da Igreja Batista Verdade e Vida, a qual está recebendo o benefício, disse que ao descobrir que o projeto Missão Pioneira fazia este trabalho no país inteiro, entrou em contato com a central e depois de uma avaliação a igreja foi aprovada dentro dos critérios exigidos pelo projeto.

Proibida a reprodução total ou parcial deste áudio em outro meio de comunicação

A equipe dos missionários é composta por 40 pessoas, sendo 10 interpretes. Paralelo à construção, os missionários ainda realizam na Praça do Bairro Amigo a “Semana Missionária”, uma ação social com distribuição de óculos de sol, corte de cabelo, limpeza de pele, recreação para as crianças (sexta-feira pela manhã), e atendimento odontológico para crianças (período da tarde).

 

Custos
Através do projeto “Missão Pioneira”, o único custo da igreja local é com a construção do alicerce. O restante dos materiais, mão de obra, alimentação, hospedagem da equipe, é tudo custeado pelo projeto. No caso de Goianésia, foram contratos outros 05 pedreiros que também serão custeados pela “Missão Pioneira”.