O Grêmio sofreu uma das derrotas mais irrelevantes de sua história nesta quarta-feira (1), em Porto Alegre. O Tricolor jogou bem menos do que em Guayaquil, perdeu por 1 a 0 para o Barcelona-EQU, mas confirmou presença na final da Copa Libertadores 2017. A vaga foi garantida pelo placar agregado: 3 a 1 no somatório dos dois jogos. Na decisão, o time gaúcho enfrenta o Lanús-ARG, que eliminou o River Plate. As informações são do UOL Esporte.

O gol de Jonatan Álvez, no primeiro tempo, chegou a botar tensão na partida, mas foi muito pouco para tirar a vaga das mãos do time de Renato Gaúcho.

A ausência de Lucas Barrios, vetado por desconforto muscular, contribuiu para o jogo inferior do Grêmio. Mas o rendimento do time como um todo foi bem mais modesto. O Barcelona, por sua vez, mandou às favas a logística que o fez chegar ao Brasil no dia do jogo e correu muito.