Imagem: Divulgação/Câmara MunicipalApós a repercussão negativa do requerimento que solicitava a isenção de IPTU - Imposto Predial Territorial Urbano - para os trabalhadores da segurança pública de Goianésia, os vereadores Jota Carlos e Heverton Fonseca, enviaram nesta sexta-feira, 24, um ofício ao presidente da Câmara Municipal, Altemar Carrlho, onde solicitaram o arquivamento do requerimento.

Eu seu perfil em uma rede social, o vereador Heverton Fonseca disse que “Como representantes do povo, após refletirmos e ouvirmos a população de Goianésia, solicitamos, via ofício, o arquivamento do requerimento 668/2017. Mudar de idéia é uma atitude de caráter. Agradecemos a todos pela compreensão, opiniões e sugestões”.

O texto vinha assinado pelos dois parlamentares, autores do requerimento que encaminhava ao prefeito, Renato de Castro, um Antiprojeto de Lei que pretendia isentar de IPTU os Policiais Civis, Policiais Militares, Bombeiros Militares, Agentes Penitenciários concursados e Polícia Técnico-Científica, que trabalham e possuem residência fixa própria, ou 01 imóvel em Goianésia, desde que tenha renda familiar mensal de até 08 salários mínimos, que em 2017 gira em torno de R$ 7.400,00.

O requerimento não foi visto com bons olhos pela população que reagiu nas redes sociais e teceram duras críticas aos vereadores. Sobraram até para os trabalhadores da área de segurança pública da cidade, que apesar de não terem solicitado a isenção, se tornaram alvos de duríssimas críticas. Com a manifestação contrária ao requerimento, os vereadores voltaram atrás e explicaram em ofício que levou-se em consideração o interesse manifestado pelo povo, o qual eles representam, para que o pedido fosse revogado.

Em resposta aos vereadores, Altemar Carrilho, informou no ofício que “de acordo com a solicitação dos pares será tomada todas as providências necessárias”, deste modo, entende-se que o Anteprojeto será mesmo arquivado.

Confira abaixo a íntegra do ofício que solicita o arquivamento do requerimento.

Heverton Fonseca publicou cópia do ofício em seu perfil na rede social