Um homem de 49 anos foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros na madrugada (00h34) desta quinta-feira, 10, após ser atropelado por um veículo não identificado. Ele sofreu contusões na região do tórax e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA - depois de receber os primeiros socorros no local.

O condutor do veículo que atropelou a vítima evadiu sem prestar socorro, o que configura omissão de socorro. De acordo com o artigo 176 do Código de Trânsito Brasileiro - CTB - a omissão de socorro confira infração gravíssima e tem como penalidade multa (cinco vezes) e suspensão do direito de dirigir. Como medida administrativa o artigo prevê ainda o recolhimento do documento de habilitação.

Outras ocorrências dos bombeiros
Além da ocorrência de atropelamento, o Corpo de Bombeiros de Goianésia atendeu outras 06 ocorrências durante o último plantão que compreende das 08h00 de ontem, até as 08h00 de hoje.

Por volta das 11h09 de ontem, os militares socorreram um homem de 46 anos, na Rua 08, Setor Sul, por ter sofrido uma queda da própria altura. Ele sofreu ferimento corte contuso no crânio e na face.

No fim do dia, um acidente de trabalho movimentou o plantão. Por volta das 17h10, os Bombeiros se deslocaram até a Rua 05, no Bairro Amigo, para socorrer um homem de 57 anos, que uma parede (muro) havia caído sobre ele. O acidente de trabalho provocou contusão no crânio, ferimento corte contuso no nariz, escoriações na perna esquerda, e fratura fechada no tórax.

Às 19h43, a Central de Operações recebeu um chamado para prestar atendimento a um jovem de 19 anos que havia sofrido uma agressão por arma de fogo na Rua 11, Bairro Nossa Senhora da Penha. Os disparos provocaram ferimento perfurante no braço esquerdo, onde a bala ficou alojada, e na perna direita.

Os militares ainda deslocaram até a entrada da Usina Jalles Machado para atender um chamado de saída de pista na GO-080, no entanto, não foi encontrado nenhum acidente ou vítima, o que pode ter sido um trote. De acordo com o artigo 266 do Código Penal Brasileiro - CPB, passar trote é crime e pode levar a pena de detenção de um a três anos, além de multa.

Dois incêndios em vegetação também foram extinto pelos militares, sendo um na Rua 32, esquina com a Avenida Contorno, Bairro Carrilho, e um na Rua Santos Dumont, Parque das Palmeiras.