Jornal Populacional - Na tarde desta quinta-feira, 11, por volta de 17h10, uma mulher de 42 anos pulou da ponte velha que liga Ceres e Rialma. Toda ação foi presenciada por Marcos Filho, que trabalha em uma empresa de Rialma, nas proximidades da ponte.

Ao Jornal Populacional ele disse que viu a mulher passando olhando para cima e ao perceber algo diferente nela comentou com um colega de trabalho: “essa mulher alguma coisa ela vai fazer”.

A mulher, segundo Marcos, foi em direção a ponte. “Ela vai pular”. Marcos gritou os colegas Tota e Daniel para tentar impedir que a mulher pulasse, mas não deu tempo, a mulher foi muito rápida e pulou de cima da ponte.

O Populacional também conversou com Daniel Braz da Silva, o homem que salvou a mulher. Ele conta que após a mulher pular dentro no rio, Daniel correu e pulou também da ponte. A mulher já estava afundando, Daniel, relata que conseguiu puxar ela de dentro da água juntamente com um rapaz e a levou até às margens do rio. 

Após a retirada, a mulher estava desacordada e não estava respirando, Daniel, conta que fez respiração boca a boca, após a respiração e massagem cardíaca feita por ele mesmo, sendo auxiliado por outra pessoa que estava em cima da ponte, seguindo as dicas de como fazer a mulher voltar a respirar.

Daniel, relatou ainda, que possivelmente a mulher estaria morta se ele não tivesse pulado no rio para retirá-la, já que ela estava desacordada e afundando.

Corpo de Bombeiros
Em seguida a equipe completa de salvamento do Corpo de Bombeiros, após ser acionada, chegou com quatro minutos e realizou todo om protocolo de atendimento e a levou para Unidade de Pronto Atendimento - UPA - em Ceres, onde a deixou aos cuidados do médico plantonista. 

A mulher segundo bombeiros, apresentou lesões pelo corpo, mas nada grave. O tenente disse que quer fazer uma menção ao Daniel, pois ele foi corajoso e ajudou muito. Não foi informado se a mulher é moradora de Ceres ou Rialma.