Neste domingo, 07, a equipe do Grupamento Tático de Goianésia recebeu denúncia anônima informando que numa fazenda da região de Assunção de Goiás (Dois Irmãos) havia um foragido da justiça que estava portando arma de fogo e ameaçando pessoas na região.

De posse das informações, a equipe do Grupamento Tático composta pelo SD Nogueira, SD Vinhal, SD Matos, SD Vinícius, juntamente com a equipe de área composta pelo SGT Célio e SD Soares, deslocaram até o local indicado a fim de averiguar a denúncia.

Chegando à fazenda, um dos moradores, ao avistar as guarnições policiais empreendeu fuga adentrando em uma mata, deste modo, os militares abordaram Danielly Rodrigues do Nascimento Viana, de 35 anos, e ao ser questionada relatou que não sabia o motivo que seu esposo havia fugido, no entanto, ao fazer busca na residência foram encontradas 07 munições calibre 357 mm, 21 munições calibre 380mm, 28 munições calibre 556; 01 aparelho celular Motorola; 01 cordão de ouro com pingente em formato de cruz; 01 cordão de ouro com pingente em formato de coração; 01 relógio Tissot 1853-cristal, 01 caderno de anotações, 01 colete balístico, 01 espingarda Rossi calibre 38 especial, além de um documento de Danielly com outro nome em registro ( Ingrid Danielly Barreto Silva).

Segundo a polícia, ao questionar Danielly Rodrigues sobre os objetos ilícitos encontrados em sua residência ela começou a entrar em contradição. Diante dos fatos, ela recebeu voz de prisão pelo crime de falsidade ideológica e posse de arma de fogo, e em seguida encaminhada para a Delegacia de Polícia de Goianésia para maiores providências.