Imagem: Folha de JaraguáFolha de Jaraguá - Jaraguá contabilizou a sétima morte violenta do ano. Eram por volta das 23h00 desta segunda-feira, 01, quando o Corpo de Bombeiros foi acionado pela Polícia Militar para socorrer uma vítima de confronto, no Jardim Ana Edith, próximo ao Setor Morada Nova. De acordo com o jornalista da Rádio Sucesso FM, Wellington Marques, no local estava uma viatura do GPT e a informação repassada era de uma ocorrência de combate ao tráfico de drogas, organização criminosa, porte de arma de fogo que terminou em confronto.

O local é conhecido como a Rua do Corredor, próximo ao Milionários Jaraguá Clube e de acordo com as informações da PM, no endereço funcionava um ponto de tráfico e distribuição de drogas. O Grupo de Patrulhamento Tático chegou para fazer uma abordagem, quando teriam sidos recebidos à bala e revidando a agressão, atingiram Roberto Andrade Tostes, mais conhecido como Betão, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A polícia informou que Betão, estava armado e teria tentado realizar um confronto, não restando opções aos policiais, ele morreu após ser alvejado. Um segundo homem que ainda não teve o nome divulgado, foi detido dentro da residência, onde teriam sido encontradas drogas e armas de fogo.

A informação é de que Betão já tinha passagens pela polícia. O IML foi acionado para periciar o local e recolher o corpo para ser entregue a família. Na terça-feira, 02, a PM e a Polícia Civil deverão dar mais detalhes da ocorrência.