A Polícia Civil de Jaraguá identificou e prendeu os principais suspeitos de terem matado a tiros Sebastião Pereira de Sousa, de 59 anos. O crime ocorreu no último dia 11 de dezembro na Rua das Limeiras, no Jardim Primavera. O corpo da vítima só foi encontrado na manhã do dia seguinte.

Diante dos fatos, a Polícia Civil iniciou as diligências e, ao afinal de um trabalho minucioso e genuinamente investigativo, foi possível identificar os autores do delito bem como sua motivação.

De acordo com a polícia, os autores, utilizando-se de uma motocicleta roubada, foram até a casa da vítima no final da noite do dia 11 de dezembro, chamaram pela vítima e, antes mesmo que a vítima pudesse abrir o portão, foi atingida por um projétil de arma de fogo na cabeça. Os autores ainda deram vários tiros no portão. Em seguida, foram embora tranquilamente na motocicleta. Quando souberam que a vítima tinha morrido, demonstraram felicidade, segundo consta nos autos.

As investigações mostram que a motivação do crime foi por causa de dívida de droga. Foi feito um estudo da vida da vítima e, após depoimentos de testemunhas, restou configurado que a Sebastião Pereira tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

Um dos autores é menor de idade. Já o outro foi identificado como sendo Davi Gomes Lacerda, o Gordinho ou Gordinho do DF. Conforme divulgou a polícia, ele foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado e corrupção de menor. Davi já está detido no presidio de Jaraguá a disposição do Poder Judiciário. Quanto ao menor, as medidas legais já foram tomadas.

Não foram divulgadas imagens do suspeito.