No início da tarde desta segunda-feira, 04, a Polícia Civil de Jaraguá recebeu a informação de que três indivíduos em atitudes suspeitas estavam em um cartório, no centro da cidade, tentando transferir um lote. De imediato, os policiais civis deslocaram até o cartório e conseguiram deter dois deles.

De acordo com a polícia, o terceiro elemento, ao perceber a chegada dos policiais, empreendeu fuga em alta velocidade em um veículo Hyundai/Tucson, preto.

Os dois indivíduos que foram detidos são da cidade de Águas Lindas. Um deles, identificado como Fernando Cláudio da Silva, apresentou uma CNH falsa em nome de Cleidnei Lourenço de Medeiros. O outro, que o acompanhava, identificado como Cristopherir Santana Figueiredo fingiu ser o comprador do lote.

Considerando que o terceiro tinha empreendido fuga no veículo Tucson, a Polícia Civil solicitou o apoio da eficiente e parceira Polícia Militar, a qual, de imediato, passou a fazer o patrulhamento no sentido de encontrar o veículo. Minutos depois, a Polícia Militar conseguiu encontrar a Tucson e deter o condutor. Trata-se de Diego Filipe Silva Barbosa, também morador de Águas Lindas.

Conforme informou a polícia, na delegacia, Fernando confessou toda a trama delituosa e disse que receberia a importância de mil reais de Cristopherir e Diego para auxiliá-los na prática do delito. Já Cristopherir e Diego permaneceram em silêncio. Os três foram autuados em flagrante por tentativa de estelionato e uso de documento falso.

Chamou a atenção da polícia as inúmeras passagens dos três pelos crimes de estelionato e uso de documento falso. Por fim, a Polícia Civil de Jaraguá agradece o apoio incondicional da Polícia Militar de Jaraguá. O trabalho é totalmente integrado e a união faz a força.